Barcelos, Portugal

Barcelos Portugal - Vista aérea do rio e ponte antiga

Barcelos tem lenda, história e tradição. É também um importante polo industrial do norte de Portugal, com importantes empresas do setor cerâmico (longa tradição na região) e da manufatura de malhas de seda artifical e algodão.

A primeira Carta de Foral concedida aos «habitantes presentes e futuros de Barcelos», ocorreu pela mão de D. Afonso Henriques, entre 1166 e 1167, sendo um dos mais antigos.

Todo o progresso e transformações que o tempo provocou no Centro Histórico de Barcelos, não eliminaram o velho casco medieval.

Barcelos é uma cidade portuguesa inserida no distrito de Braga, região Norte de Portugal. O município tem 118.144 habitantes (dados de 2016) e extende-se por uma área de 380 Km2, sendo a densidade populacional de 311 habitantes por Km2.

É o concelho português com mais freguesias. Tinha 88 freguesias antes da última reforma administrativa, e passou a ter 61. Ver freguesias de Barcelos.

O município de Barcelos faz fronteira com os municípios de Viana do Castelo e Ponte de Lima a norte, Braga e Vila Verde a leste, Famalicão a sueste, Póvoa de Varzim a sudoeste e com Esposende a oeste.

História de Barcelos

Barcelos significa «terra ribeirinha e plana», expressão presente nos mais antigos documentos referentes à cidade. Pelo menos desde o século XIII, em Barcelos realiza-se uma feira semanal, às quintas-feiras, onde os agricultures e artesãos vendem os seus produtos.

A modesta povoação de Barcelos, por volta de 1160, entra nas boas graças de D. Afonso Henriques que lhe concede carta de foral. Em 1218, D. Afonso II confirma o foral e a importância da povoação para o Reino de Portugal.

O primeiro Conde de Barcelos

D. Dinis, como prémio por ter negociado favoravelmente a Portugal o Tratado de Alcanises, celebrado a 12 de Setembro de 1297, concedeu ao seu parente D. Afonso Telo, o título de Conde de Barcelos. Este título, teria sido utilizado mais tarde pelo alferes-mor do Reino, Martim de Sousa, pelo infante D. Pedro, filho bastardo de D. Dinis, e por três descendentes do primeiro titular deste condado, sendo o último deles João Afonso Telo que socumbiu na Batalha de Aljubarrota em 1385 quando combatia pelo lado castelhano.

O título passou então para D. Nuno Álvares Pereira e, seguidamente, para o genro deste, D. Afonso, filho bastardo do rei D. João I, que viria a ser o 1º Duque de Bragança, a cuja casa ficou a pertencer o senhoria de Barcelos.

Elevação à categoria de cidade

Foi no ano de 1928 que a Vila de Barcelos foi elevada à categoria de cidade.

Lenda do Galo de Barcelos

O povo de Barcelos andava alarmado com um crime que ocorrera e, mais ainda, com o facto de não se ter descoberto o criminoso que o cometera.

Galo de Barcelos - Estátua

Certo dia, apareceu um galego que se tornou alvo das suspeitas de alguns barcelenses. As autoridades resolveram encarcerá-lo e, apesar dos seus juramentos de inocência, ninguém o acreditou. Ninguém acreditava que o galego se dirigisse a S. Tiago de Compostela, em cumprimento de uma promessa, sem que fosse fervoroso devoto do santo que, em Compostela, se venerava, nem de S. Paulo e de Nossa Senhora.

Foi então, o pobre galego, condenado à forca.

Antes de ser enforcado, foi levado à presença do juiz que o condenara que, nesse momento, se banqueteava com alguns amigos. O galego voltou a afirmar a sua inocência e, perante a incredulidade dos presentes, apontou para um galo assado que estava sobre a mesa, exclamando: “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem”. Risos e comentários não se fizeram esperar mas, pelo sim pelo não, ninguém tocou no galo.

Quando o peregrino estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. Já ninguém duvidava das afirmações de inocência do condenado. O juiz correu à forca e viu, com espanto, o coitado de corda ao pescoço. No entanto, o nó lasso impedia o estrangulamento e o condenado ainda estava vivo. Foi Imediatamente solto e mandado em paz.

Passados anos voltou a Barcelos e fez erguer o monumento em louvor a S. Tiago e à Virgem.

(adaptado do texto Lenda do Galo no site da Câmara Municipal de Barcelos)

Concelho de Barcelos

Localização do concelho de Abrantes no mapa de Portugal

Habitantes: 118.144 (2016)

Área: 378,9 Km2

Densidade populacional: 310,9 hab/Km2

Feriado Municipal: 3 de Maio (Festa das Cruzes)

Gentílico: Barcelense

Nº de Freguesias: 61

Ano da fundação do município: 1177 (1º foral de D. Afonso Henriques)

Código postal: 4750-XXX

Antigo prefixo telefónico: (253)

Município de Barcelos

Lista das Freguesias

O concelho é composto por 61 freguesias (a área está entre parêntesis):

  • Abade de Neiva (7,5 Km2)
  • Aborim (6,18 Km2)
  • Adães (2,69 Km2)
  • Airó (3,02 Km2)
  • Aldreu (4,8 Km2)
  • Alheira e Igreja Nova (10,17 Km2)
  • Alvelos (3,38 Km2)
  • Alvito (São Pedro e São Martinho) e Couto (8,54 Km2)
  • BCL-arcozelo.png Arcozelo (3,44 Km2)
  • Areias (2,51 Km2)
  • Areias de Vilar e Encourados (10,17 Km2)
  • Balugães (2,73 Km2)
  • Barcelinhos (2,76 Km2)
  • Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedro) (9,3 Km2)
  • Barqueiros (8,07 Km2)
  • Cambeses (3,31 Km2)
  • Campo e Tamel (São Pedro Fins) (4,81 Km2)
  • Carapeços (8,12 Km2)
  • Carreira e Fonte Coberta (5,29 Km2)
  • BCL-carvalhal.png Carvalhal (2,58 Km2)
  • Carvalhas (3,49 Km2)
  • Chorente, Góios, Courel, Pedra Furada e Gueral (16,09 Km2)
  • Cossourado (6,44 Km2)
  • Creixomil e Mariz (6,98 Km2)
  • Cristelo (7,71 Km2)
  • Durrães e Tregosa (6,73 Km2)
  • Fornelos (4,29 Km2)
  • Fragoso (12,59 Km2)
  • Galegos (Santa Maria) (4,59 Km2)
  • Galegos (São Martinho) (3,12 Km2)
  • Gamil e Midões (5,84 Km2)
  • Gilmonde (5,58 Km2)
  • Lama (3,27 Km2)
  • Lijó (4,42 Km2)
  • Macieira de Rates (7,85 Km2)
  • Manhente (3,91 Km2)
  • Martim (5,32 Km2)
  • Milhazes, Vilar de Figos e Faria (12,14 Km2)
  • Moure (2,54 Km2)
  • Negreiros e Chavão (6,96 Km2)
  • Oliveira (5,46 Km2)
  • Palme (8,31 Km2)
  • Panque (6,29 Km2)
  • Paradela (8,36 Km2)
  • Pereira (3,85 Km2)
  • Perelhal (6,8 Km2)
  • Pousa (6,63 Km2)
  • Quintiães e Aguiar (7,36 Km2)
  • Remelhe (6,12 Km2)
  • Roriz (6,53 Km2)
  • Santa Eugénia de Rio Covo (3,13 Km2)
  • Sequeade e Bastuço (São João e Santo Estêvão) (6,34 Km2)
  • Silva (2,18 Km2)
  • Silveiros e Rio Covo (Santa Eulália) (8,23 Km2)
  • Tamel (Santa Leocádia) e Vilar do Monte (11,06 Km2)
  • Tamel (São Veríssimo) (3,33 Km2)
  • Ucha (4,27 Km2)
  • Várzea (2,95 Km2)
  • Viatodos, Grimancelos, Minhotães e Monte de Fralães (12,4 Km2)
  • Vila Cova e Feitos (15,73 Km2)
  • Vila Seca (4,34 Km2)

Dados demográficos de Barcelos

Barcelos (Município) em números 2001 2011 2016 Variação
(2001-2016)
População residente 122.041 120.487 118.144 -3,2%
População jovem (< 15 anos) (%) 20,4% 16,3% 13,8% -32,4%
População em idade ativa (15-65 anos) (%) 68,8% 70,2% 70,1% 1,9%
População idosa (>65 anos) (%) 10,8% 13,6% 16,1% 49,1%
Índice de envelhecimento (idosos por cada 100 jovens) 53,2 83,4 116,3
Indivíduos em idade activa por idoso 6,3 5,2 4,4 -30,2%
Nascimentos 1.535 1.074 867 -43,5%
Óbitos 808 832 902 11,6%
Saldo natural
(diferença entre nascimentos e óbitos)
727 242 -35
Sociedades Constituídas 861 353 342 -60,3%
Sociedades Dissolvidas 61 242 278 355,7%
Desempregados inscritos no centro de emprego 2.281 5.557 3.904 71,2%
Estimativa da taxa de desemprego
(Desempregados inscritos por % população em idade ativa)
2,7% 6,6% 4,7%
Beneficiários do sub. de desemprego 1.131 3.053 1.438 27,1%

Consultar documento completo compilado pela Pordata

voltar ao índice

Previsão do estado do tempo

Em Barcelos, o verão é morno, seco e de céu quase sempre sem nuvens; o inverno é fresco, com chuva e de céu parcialmente encoberto. Ao longo do ano, em geral a temperatura varia de 7 °C a 26 °C e raramente é inferior a 2 °C ou superior a 32 °C.

A melhor época do ano para visitar Barcelos e realizar atividades de clima quente é de meados de junho a meados de setembro.

Previsão do tempo para Barcelos

Prepare-se antes de viajar. Verifique aqui o estado do tempo para os próximos quatro dias.

Como chegar a Barcelos

Estradas

O município de Barcelos está localizado numa posição central na região do Minho. Integra o eixo que liga Porto a Braga e Porto a Vigo (Espanha). As principais vias são a A3, A11 e A28 que ligam o concelho às principais vias de circulação nacionais e internacionais como a A1, A24, Auto-Pista do Atlântico e auto-estrada das Rias Baixas, estas duas últimas na vizinha Espanha (região da Galiza).

  • EN 103 | Braga > Barcelos
  • EN 103 | Valença > Viana do Castelo > Barcelos
  • EN 103-1 | Esposende > Barcelos
  • EN 205 | Póvoa de Varzim > Barcelos
  • EN 205 | Vila Verde > Prado > Barcelos
  • EN 206 | Póvoa de Varzim > Fontaínhas à EN 306 > Fontaínhas > Barcelos
  • EN 206 | Guimarães > Vila Nova de Famalicão > Barcelos
  • EN 204 | Vila Nova de Famalicão > Barcelos
  • EN 204 | Ponte de Lima > Barcelos
  • A11 | Apúlia > Barcelos
  • A28 | Porto > Barcelos à A11 à Vila Seca à EN 205 > Póvoa de Varzim > Barcelos
  • A1 | Lisboa > Porto à A3 Porto > Braga à A11 Braga > Barcelos
  • A11 | Felgueiras > Guimarães > Braga > Barcelos > Esposende
  • Auto-Estrada do Atlântico – Santiago de Compostela – Vigo (Espanha) à A3 Valença > Barcelos à A11 Braga > Barcelos
  • IP4 | Quintanilha> Bragança> Vila Real à A4 Vila Real> Porto à A3 Porto> Barcelos à A11 Braga> Barcelos
  • A24 | Chaves > A7 Guimarães > A11 Braga > Barcelos
  • IP5 | Vilar Formoso> Aveiro à A1 Aveiro> Porto à A3 Porto> Barcelos à A11 Braga> Barcelos

Comboio

Barcelos tem ligações ferroviárias diretas ao Porto, Viana, Valença, Braga e Vigo, sendo o comboio uma excelente opção para chegar a esta cidade.

  • Braga > Nine > Barcelos (Regional)
  • Porto > Nine > Barcelos (Minho)
  • Lisboa > Porto > Nine > Barcelos (Norte)
  • Vigo > Valença > Viana do Castelo > Barcelos (Internacional)
  • Madrid > Entroncamento > Porto > Barcelos (Internacional)

Ver horários disponíveis aqui.

Aeroportos

O avião é também um meio de transporte a considerar, uma vez que a ligação rápida ao Porto e Vigo facilita a sua utilização. O Aeroporto mais próximo é o Aeroporto Fancisco Sá Carneiro (OPO) no Porto, que fica a cerca de 50 Km (pouco mais de 30 minutos).

  • Aeroporto Sá Carneiro (Porto) | A28> Porto> Apúlia à A11 à Barcelos
  • Aeroporto da Portela (Lisboa) | A1 Lisboa> Porto à A3 Porto> Braga à A11 Braga> Barcelos
  • Aeroporto de Vigo (Espanha) | Auto-Estrada Atlântico (Vigo – Portugal) à A3 Valença> Barcelos à A11 Braga> Barcelos

Informação útil para quem visita Barcelos

O número nacional para qualquer emergência é o 112 (para todo o país).

Hospital de Barcelos

O Hospital Santa Maria Maior de Barcelos fica no Campo da República (abrir mapa) e o telefone é o 253 809 200.

Bombeiros

Os Bombeiros Voluntários de Barcelinhos estão localizados na Travessa do Galo, 43 em Barcelinhos (na outra margem do Rio Cávado). O contacto telefónico é o 253 839 700.

Forças Policiais

A força policial com jurisdição em Barcelos é a PSP (Polícia de Segurança Pública) e a esquadra está localizada na Avenida Dr. Sidónio Pais, nº 537, co centro da cidade (ver mapa). O telefone é o 253 802 570.

Posto de Informação turística

O Posto de Turismo de Barcelos permite ao viajante obter informações que irão melhorar a experiência da sua visita a esta bonita cidade. Este posto está localizado no Largo Dr. José Novais, nº 27, no centro da cidade (ver mapa). Poderá contactar este posto através do telefone 253 811 882. Está aberto ao público, durante a semana, das 9:30h às 18:00h. Aos sábados o horário é das 10:00h às 17:00h e, finalmente, aos Domingos encerra uma hora mais cedo.

Onde ficar em Barcelos

Existem bons hotéis, quintas e casas disponíveis para tornar a sua experiência em Barcelos ainda melhor. Permita-nos sugerir alguns:

Hotel Bagoeira

É, talvez, o hotel que apresenta a melhor relação preço/qualidade. Está  localizado na Avª Dr. Sidónio Pais, perto do centro da cidade, e apresenta o conforto esperado num hotel moderno. Dispõe de um bar panorâmico com vista de Barcelos e um espaçoso restaurante com salas de jantar separadas e paredes de pedra servindo comida tradicional. A Estação Ferroviária de Barcelos fica a 10 minutos a pé. Pode verificar a disponibilidade de quartos e preços para as datas que pretende aqui.

Hotel Bagoeira na cidade de Barcelos

Hotel do Terço

No centro da cidade, próximo de tudo o que mais interessa visitar em Barcelos. Preço bastante razoável para a qualidade de seviço que apresenta. Veja todos os detalhes no Booking.com.

Hotel do Terço em Barcelos Portugal

Art’otel Barcelos

Hotel classificado como soberbo por quem já lá ficou hospedado, fica na Rua da Madalena, nº 29, no centro da cidade de Barcelos. Quartos com decorações originais, modernas e criativas. É uma experiência só por si. Conheça mais detalhes do alojamento, preços, disponibilidade, ou faça mesmo a reserva acedendo diretamente ao Booking.

Arte Hotel Barcelos (Art'otel)

In Barcelos Hostel & Guest House

Tem opções diferentes de quartos para famílias grandes ou grupos de amigos. O quarto de exemplo na imagem poderá ser indicado a um casal com dois filhos que pretendam ficar no mesmo quarto. Consulte toda a informação sobre este hotel aqui.

Quarto para quatro no In Barcelos Hostel

voltar ao índice

Gastronomia tradicional da região

A gastronomia minhota tem, em Barcelos, uma das suas maiores referências. O Galo assado “à moda de Barcelos”, Cabrito assado, arroz pica no chão, Rojões à Minhota, Papas de sarrabulho à Barcelos, Misto de polvo e bacalhau assado na brasa, Vitela e Bacalhau “à moda de Barcelos” são alguns exemplos daquilo que poderá degustar nesta cidade. Também nas sobremesas poderá deliciar-se com o Leite-creme, o doce de romaria, as brisas do Cávado, as queijadinhas, os sonhos, paralelos, o folar da Páscoa ou com o bolo das Cruzes.

Barcelos tem dezenas de restaurantes de grande qualidade. Referimos aqui alguns, como exemplo, destacando aqueles que têm obtido melhores críticas por parte dos utilizadores do Trip Advisor, Google My Busines e Facebook.

Restaurante Bagoeira

Já referimos o Restaurante Bagoeira quando falámos do hotel com o mesmo nome. Está localizado na Avª Dr. Sidónio Pais, 495 no centro da cidade de Barcelos. Pode efetuar reserva utilizando o número 253 813 088. O espaço está perfeitamente adequado para receberes grupos grandes, disponibilizando várias salas para o efeito. A comida é saborosa e a lista de pratos é extensa. Resumindo, este é um dos restaurantes pelos quais deverá passar na sua visita a Barcelos. (ver no mapa)

Restaurante Pedra Furada

Fica a 7 Km do centro da cidade mas, em compensação, poderá deliciar-se com um Galo Assado à moda de Barcelos, um verdadeiro prato regional de Barcelos Portugal. Mantendo-se fiel à sua história o restaurante mantém também as paredes de granito, a lareira na sala principal e o barroco de Barcelos. Para qualquer contacto, o telefone é +351 252 951 144. Atenção: O Galo assado à moda de Barcelos só é servido aos sábados e domingos ao almoço e por encomenda.

Restaurante Pedra Furada em Barcelos Portugal

Fica na Rua de Santa Leocádia, 1415 na freguesia de Pedra Furada (abrir mapa em nova janela).

Babette Restaurante

Está localizado no Largo Martins Lima, nº 18, no centro da cidade de Barcelos (abrir mapa) e o contacto telefónico para reservas ou outro assunto é o 963 804 840. Espaço acolhedor e bem cuidado, com boa música ambiente criando uma atmosfera agradável. O Bacalhau Espiritual ou o Polvo são boas opções neste restaurante.

Prato de Polvo no Babette Restaurante em Barcelos Portugal

Atenção: Encerrado ao domingo.

Casa dos Arcos

Localizado na Rua dos Duques de Bragança, bem no centro da cidade, inclui na sua carta pratos para os gostos mais diversos. Além disso, o preço é bastante razpável, principalmente quando analisámos a qualidade do serviço. Atenção: Encerra à terça-feira. Para reservas, poderá telefonar antes (à noite) através do contacto 253 826 265. Ver Restaurante Casa dos Arcos no mapa.

Restaurante Casa dos Arcos em Barcelos

Restaurante Pérola

Mais um excelente restaurante localizado no centro de Barcelos, na Avª D. Nuno Álvares Pereira, nº 50 (Tel. 253 821 363). Ambiente calmo e agradável com uma carta variada a preços justos. Arrisque experimentar pratos diferentes como os lombelos de porco preto com esmagada de alheira e castanhas, mas poderá sempre optar pela Francesinha à Pérola ou outras opções mais vulgares. Tem uma diversidade interessante de sobremesas que merecem ser experimentadas.

Lombelos de porco preto no Restaurante Pérola em Barcelos

Ver localização do Restaurante Pérola no mapa.

voltar ao índice

O que visitar

Lanço desde já um alerta. Se pretende visitar Barcelos com calma e serenidade não inclua uma quinta-feira nas suas datas. Esse é o dia da feira semanal que existe há séculos e traz milhares de agricultores, artesãos, vendedores e compradores à cidade. Por outro lado, é um evento bastante interessante de assistir onde poderá comprar lembranças para toda a família a preços irrisórios.

O aparecimento da feira de Barcelos data de 1412. Foi concedida por D. João I em carta de 19 de Fevereiro do mesmo ano, a pedido do Conde de Barcelos D. Afonso, seu filho.

Festa das Cruzes

Se apontar a sua visita para o mês de Maio, recorde que o feriado da cidade é no dia 3 de Maio e a Festa das Cruzes ocorre sempre numa semana que inclui esse dia. É uma romaria típica minhota, cuja origem remonta ao século XVI.

Conta a lenda que no dia 20 de Dezembro de 1504, pelas 9 horas da manhã, regressava o sapateiro João Pires da missa na Ermida do Salvador, quando, ao passar no Campo da Feira, reparou numa cruz preta no meio da terra. Alertou o povo que acorreu prontamente ao local.

“A cruz apareceu sob a forma de uma nódoa negra que ia crescendo até se formar uma cruz perfeita em que a cor não ficava só à superfície, mas penetrava em profundidade na terra – por mais que se cave, sempre se acha.”

E com isto nasceu a devoção ao “Senhor da Cruz”. Construíram primeiro um cruzeiro em pedra, depois uma ermida, e dois séculos mais tarde um magnífico templo, que é hoje o epicentro da Festa das Cruzes.

Ainda hoje, as Festas das Cruzes mantêm uma importância vital a nível económico, cultural e social e, por esse motivo, continuam a despertar o interesse e a curiosidade de muitos visitantes.

Em cada canto e esquina, Barcelos apresenta marcos de história e de cultura: igrejas, museus, templos e solares fazem parte de uma lista de locais a visitar. Ficam aqui algumas sugestões.

Monumentos e edifícios emblemáticos

Chafariz do Campo da Feira

Bonito chafariz construído em 1621 por João Lopes, de tanque redondo e dupla taça, encimado por alto pináculo onde se representam, entre águias, as armas reais e o primitivo brasão da vila de Barcelos. Assente num palco de pedra, ladeado de quatro escadarias e outras tantas fontes encimadas por máscaras trágicas.

Chafariz do Campo da Feira em Barcelos

Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz

Na sequência do milagre das cruzes, foi ali erguida uma pequena capela e, no ano seguinte, foi lá colocada a imagem do Senhor da Cruz. Entre 1705 e 1710, foi construído o atual templo, o qual apresenta uma planta cruciforme em campo redondo. Destacam-se os elementos decorativos barrocos ali patentes, casos da azulejaria, da talha e da pintura. (Abrir mapa com a localização)

Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz em Barcelos Portugal

Paços do Município

Os Paços do Município é um edifício que evoluíu a partir de um conjunto arquitetónico pertencente na altura à Misericórdia, que integrava o hospital medieval, a igreja do século XVII e a primitiva Casa da Câmara do século XV de onde se destacam os arcos góticos. É neste local que funciona atualmente a Câmara Municipal de Barcelos (abrir mapa).

Paço do Município de Barcelos

Igreja Matriz

Templo gótico mantendo alguma tradição românica nos seus elementos arquitetónicos. Sofre uma remodelação no século XVI, construindo-se então os anexos que serviam a colegiada. (Abrir mapa)

Igreja Matriz de Barcelos

Paços do Conde de Barcelos / Museu Arqueológico

Palácio que foi a residência oficial dos Condes de Barcelos desde a sua construção, no início do século XV. É um exemplo da arquitectura senhorial portuguesa deste período, e teve como inspiração as residências senhoriais inglesas da época. Desde 1920, foi instalado neste edifício o Museu Arqueológico de Barcelos.

O museu  Alberga peças de cariz arqueológico, fruto de achados ocasionais e desmantelamento de monumentos arquitectónicos. Está neste museu, por exemplo, o Cruzeiro do Galo, ex-libris de Barcelos.

Ver no mapa

Paço dos Condes de Barcelos

Ponte Medieval de Barcelos

Obra da responsabilidade do Conde D. Pedro, construída entre 1325 e 1330. Tem cinco arcos, em que o central é mais alto, organizando desse modo o cavalete típico das pontes da época. Liga a cidade de Barcelos à frguesia de Barcelinhos que estão separadas pelo Rio Cávado.

Ponte medieval de Barcelos

voltar ao índice

Parques e jardins da cidade

Parque Municipal de Barcelos

Está localizado junto à Avenida Dr. Sidónio Pais (ver no mapa) e inclui um pavilhão onde joga e treina a equipa do Oquei Clube de Barcelos, importante equipa da primeira divisão nacional de hóquei em patins. Tem um parque infantil para os pequenos e um parque de merendas para todos.

Parque Municipal de Bracelos

voltar ao índice

Museus

Museu de Olaria

O Museu de Olaria de Barcelos é a referência nacional no que diz respeito à arte da olaria. Ocupa o edifício da antiga Casa dos Medanhas Benevides Cyrne, no centro histórico de Barcelos (abrir mapa). O seu acervo é constituído por coleções de cerâmica portuguesa e estrangeira (ex-colónias, Argélia, Chile e Espanha).

Museu de Olaria em Barcelos

O Museu está dividido em três pisos, dispondo de três salas de exposições, sala para inventariação, restauro, reservas, arquivo, biblioteca, serviços administrativos, salas de reuniões e gabinetes, sala para serviços educativos, auditório e bar.

Museu Etnográfico de Chavão

Localizado no Lugar da Aldeia (ver no mapa), alberga uma vasta coleção de peças de cariz agrícola, nomeadamente alfaias agrícolas, peças decorativas e de uso doméstico, brinquedos e trajes. O espólio deste museu resulta da recolha de peças na freguesia de Chavão e doações de outras freguesias do Concelho de Barcelos. Está aberto ao público desde 2000 e tem vindo, desde então, a dar a conhecer a riqueza patrimonial e etnográfica de Chavão.

Museu Etnográfico do Chavão

voltar ao índice

Sair à noite em Barcelos

Só porque cai a noite não significa que a descoberta de Barcelos também tem que cair. Há cafés, bares, discotecas…e muita animação. Dar um passeio, ouvir boa música é uma possibilidade por todo o Concelho. Aproveite para conhecer “outro lado” de Barcelos… Barcelos by night!

Bar Albergaria do Terço
Rua de S. Bento – Ed. do Terço, n.º 7 em Barcelos – Tel. 253 808 380

Bar In Rio
Rua Fernando de Magalhães, em Barcelos

Café Albergaria
Avenida Alcaides de Faria, em Arcozelo

Café Galliano
Campo 5 de Outubro, em Barcelos

Concilium Bar
Rua Duques de Bragança, em Barcelos – Tel. 253 811 975

Mambo Bar
Largo da Porta Nova em Barcelos

Garden Caffé
Largo Dr. José Novais, em Barcelos

Stória del Caffé
Avenida. Combatentes da Grande Guerra, no Centro Comercial Terço

Turismo Bar Esplanada
Rua Duques de Bragança, em Barcelos

Vaticano Berber Discoteca Bar
Rua Cândido da Cunha, em Barcelos

Consolado – Café Concerto
Lugar das Bouças, em Tamel – Tel. 253 884 323

Incantu’s Bar
Ed. Magnolias, Rua Principal, em Silveiros – Tel. 252 967 908

Limousine Bar
Rua da Esparrinha, em Arcozelo

Mais que Tudo
Ed. Jardim, r/c, loja 6, em Arcozelo . Tel. 253 812 297

Sintoma Bar
Campo 25 de Abril, Arcozelo

Triangulo Bar
Av. Alcaides de Faria, em Arcozelo

Zona Agrícola Discoteca
Largo dos Azevinhos, em Cambeses

voltar ao índice

Referências

A elaboração desta página teve diversas fontes, tanto bibliográficas como de websites, oficiais e não oficiais. Algumas dessas fontes são as seguintes:

  • Guia Turístico de Portugal de A a Z, Manuel Alves de Oliveira, 1990, Publicações D. Quixote
  • Portugal : o sabor da terra : um retrato histórico e geográfico por regiões, José Mattoso, 2010, Temas e Debates
  • Barcelos (Cidades e Vilas de Portugal), Carlos Ferreira de Almeida, 1990, Presença
  • Barcelos – Roteiro Turístico (Brochura editada pela Câmara Municipal de Barcelos) – pode descarregar a brochura completa aqui
  • Website da Câmara Municipal de Barcelos
  • Instituto Nacional de Estatística e Pordata
  • Booking.com e tripAdvisor

voltar ao índice

Gostou deste guia? Temos muito mais. Consulte o nosso guia da cidade de Reguengos de Monsaraz ou, do mesmo modo, leia o artigo sobre a cidade do Fundão.