Portimão

Portimão é uma cidade do Algarve, localizada no sul de Portugal, conhecida pelas suas praias maravilhosas. É sede de um concelho com cerca de 55 mil habitantes estando, dessa forma, dividido em três freguesias: Alvor, Mexilhoeira Grande e Portimão.

Portimão - Vista aérea sobre o rio e sobre a cidade

Portimão é uma cidade voltada para o mar, com África já do outro lado. Além das praias fantásticas, banhadas pela água mais quente da costa sul, poderá saborear os pratos de peixe e marisco nos restaurantes locais, passear de barco pela ria e pelo mar, ou ainda visitar o enorme património cultural edificado da cidade.

Foi uma preponderante vila portuária e, atualmente, tem o terceiro maior porto de mar (em passageiros) recebendo muitos navios cruzeiro, principalmente no verão.

Por outras palavras, o panorama soberbo, a evocar a perfeição da paisagem grega, o belo recorte dos rochedos, o clima quente, a serra, o mar, são motivos mais do que suficientes para visitar esta cidade.

História de Portimão

Na cidade de Portimão permanecem, atualmente, vestígios do seu passado quinhentista, visível no traçado das ruas, na Igreja Matriz e no Convento de São Francisco.

A origem de Portimão

Situada na margem direita do rio Arade, junto à foz, a vila surge no contexto do desenvolvimento do litoral algarvio, decorrente do processo expansionista além-mar.

A 8 de agosto de 1463, D. Afonso V, a pedido de um grupo de moradores do lugar de Portimão, concede autorização para a fundação de uma povoação que se chamaria São Lourenço da Barrosa, com a condição deste contruirem aí casa própria no prazo de dois anos. Os privilégios contidos na carta de doação permitem aos seus fundadores uma rápida autonomia em relação ao concelho de Silves, em cujo termo se incluia.

A localização do lugar e o seu rápido desenvolvimento económico explicam a sua passagem a vila, entre 1467 e 1475. Passou então a chamar-se Vila Nova de Portimão.

As muralhas

A fortificação da vila era uma prioridade porque a povoação tinha acesso fácil pela foz do rio. Delimitando um polígono irregular com cerca de 6,5 hectares, as muralhas estendiam-se da margem do rio para o interior. A construção em dentes de serra permitia uma vigilância eficaz, reforçada por baluartes e torreões.

Muralhas de Portimão

O crescimento da vila levou-a, naturalmente, a estender-se extramuros, sendo difícil hoje identificar o traçado das suas muralhas. No entanto, saltando quintais, trepando às árvores e seguindo topónimos sobreviventes, podemos reconstruir o seu percurso.

Traçado das muralhas da cidade de Portimão

A vila intramuros cresceu a partir de três eixos – Porta da Ribeira, Porta da Serra e Porta de São João. Limitada pelo rio, a evolução urbana tenderia, dessa forma, para o interior na direção das duas últimas portas. O núcleo mais antigo situa-se, assim, junto à Porta da Ribeira, próxima do rio, dos moinhos e das salinas.

Século XVII e XVIII

Neste séculos, XVII e XVIII, ocorreram várias crises económicas que paralisaram o desenvolvimento da região algarvia.

Relatos de 1621 fazem-nos perceber o estado geral de pobreza da região, desde a falta de pão a outros mantimentos essenciais (Alexandre Massaii). Em 1704, as aulas iniciadas pelos Jesuítas no seu recente Colégio de Portimão têm poucos alunos, revelando igualmente a escassez de recursos nas famílias supostamente mais abastadas. Em 1734, a decadência do comércio em Portimão faz com que muitas famílias abandonem a povoação, procurando assim outros sítios com mais oportunidades. O terremoto de 1755 também afeta esta região. Por esse motivo, mais gente ainda irá abandonar a região.

Corsários e Piratas

Pirata da Barbaria - Pirataria MouriscaO corso e a pirataria tinham, desde há muito, se tornado um flagelo em toda a costa portuguesa. Era uma prática organizada e sistemática, levada a cabo pelas diversas potências que concorriam para o domínio dos mares e das lucrativas rotas do comércio. A costa do Algarve era particularmente atingida pela pirataria mourisca.

Desde meados do século XVI que a defesa da costa do Algarve contra ataques e investidas de piratas berberes e argelinos se torna uma preocupação permanente dos nossos monarcas. Estes ataques frequentes visavam o assalto aos navios que circulavam junto à costa e o roubo e pilhagem das populações costeiras, sobretudo em época de colheitas.

No entanto, foi durante o período filipino que um grande número de obras de fortificação da costa foram realizadas. A nova ameaça da artilharia obrigava assim a repensar toda a estrutura dos sistemas defensivos. Por isso começaram a construir-se fortalezas abaluartadas, capazes de dar resposta às novas exigências da guerra.

 

Cidade por uma semana – a primeira elevação a cidade

Vinte anos mais tarde, após o terrível terremoto de 1755 que destruiu Lisboa mas também as principais povoações do Algarve, Marquês de Pombal desenhava um plano audacioso: tornar Portimão sede de bispado, elevando-a a cidade e integrando no seu termo a desprotegida vila de Alvor, terra dos Távoras que o rei D. José acabara de extinguir. Tudo isto durou apenas uma semana. O rei D. José morre no dia 13 de fevereiro de 1777 e sua filha, D. Maria I, em total desacordo com a linha política seguida até então, restitui imediatamente a sede de bispado do Algarve a Faro. Caiu também o decreto real, aprovado quatro dias antes da morte do rei, que elevava Vila Nova de Portimão a cidade. E, por esse motivo, Portimão voltou ao seu velho estatuto de vila.

 

Portimão na modernidade

Já no início do século XX João Arruda escrevia: “Portimão é a terra algarvia a que o futuro mais carinhosamente sorri: a sua condição de estância balnear, o seu porto amplo e profundo a dar guarida a vastas embarcações, a sua importante indústria de conserva de peixe, o seu fabrico de rolhas, a sua exportação de figo e sal, dão-lhe foros de nervosa atividade e prognosticam que, dentro de alguns anos, ao fazer-se o prolongamento da via férrea a Lagos, será o mais ativos e florente centro do Algarve.” (1908)

Porto de Portimão em 1906

Cais de Pormimão (1906)

No século XX consolidou-se a vocação marítima da Vila Nova de Portimão muito suportada pelo aproveitamento das potencialidades daquele que era agora o melhor porto de abrigo do Algarve.

A canalização dos produtos rurais do interior e o desenvolvimento da atividade piscatória criaram uma dinâmica portuária notável, acentuada pelo florescimento da indústria conserveira.

Finalmente, a 11 de dezembro de 1924, Vila Nova de Portimão é elevada à categoria de cidade (cidade de Portimão) pelo então Presidente da República Portuguesa, Manuel Teixeira Gomes.

Locais a visitar

Praia da Rocha

É uma das mais famosas praias do Algarve e de Portugal. E essa fama tem, naturalmente, uma justificação. Areia natural, fina e macia cobrem toda a extensão e além disso, a temperatura da água é agradável.

Praia da Rocha em Portimão

Localização: Portimão (ver no mapa)

Hotel Bela Vista

A Villa Nossa Senhora das Dores, mandada construir por António Júdice Magalhães Barros nos finais do século XIX, é uma obra-prima do romantismo. Construída sobre a falésia, desfruta assim de uma paisagem única sobre o mar, desde a Ponta do Altar até `Ponta da Piedade.

Está Pintada de branco, com telhados de quatro águas e alpendre avançado. Entre janelas em arco redondo, polilobadas com mainéis, ergue-se num topo um zimbório neogótico com vitrais, correspondendo ao oratório privado, atualmente desaparecido.

Hotel Bela Vista (Villa de Nossa Senhora das Dores) na Praia da Rocha, Portimão

O mais bonito hotel da Praia da Rocha era, dessa forma, disputado por famílias inglesas que procuravam o clima ameno no inverno. Em 1945 aqui convalesceu, durante dois meses, o Presidente da República da Finlândia, Sr. C.G. Mannerheim.

Atualmente, rodeado de jardins e com varanda sobre o mar, é o local mais tranquilo e acolhedor da Praia da Rocha, onde se respira uma atmosfera romântica longe dos bulícios da cidade.

Localização: Avenida Tomás Cabreira, Praia da Rocha (ver no mapa)

Efetuar reserva: Poderá imediatamente efetuar a sua reserva em Booking.com.

Museu de Portimão

O município de Portimão adquiriu, em 1996, a antiga fábrica de conservas de peixe «São Francisco» com o objetivo de, dessa forma, preservar a relação histórica da cidade de Portimão com a indústria conserveira.

Mais tarde, em 17 de maio de 2008, após uma renovação profunda do edifício, é inaugurado o Museu de Portimão. A cidade ganha, assim, um pólo de difusão cultural e, acima de tudo, espaço de descoberta das origens e da evolução da comunidade e do seu território.

Museu de Portimão

A sua exposição de referência “Portimão, Território e Identidade”, por exemplo, simboliza o percurso socioeconómico e cultural das populações que aqui viveram e marcaram a singularidade da sua identidade e território.

Localização: Rua Dom Carlos I, Zona Ribeirinha (ver no mapa)

Horários: Aberto das 10:00 às 18:00, no entanto encerra à segunda-feira.

Voltar ao índice

Igreja Matriz

A Igreja Matriz de Portimão, ou seja, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, está localizada na parte mais elevada do intrerior da cidade.

A sua fundação remonta a 1476 e resulta da iniciativa do então donatário da vila, Gonçalo Vaz de Castelo Branco, de acordo com a lápide que em 1734 se encontrava sobre a porta principal: «Esta obra mandou fazer o senhor D. Gonçalo de Castelo Branco em tempos d’el Rei D. Afonso V, ano de 1476, então se fez Vila

Igreja Matriz de Portimão

Da edificação primitiva resta-nos, assim, apenas o pórtico e as pias de água benta em grés de Silves com decoração manuelina.

Localização: Rua Machado Santos (ver no mapa)

Voltar ao índice

Fortaleza de Santa Catarina

Existia aqui, anteriormente, um Posto de Vigia quando, em 1621, foi decidido construir um forte que assegurasse a proteção da Vila. A ermida de Santa Catarina já existia mas encontra-se na parte de fora. Dessa forma, foi necessário desmontá-la e reconstrui-la dentro do novo forte.

O terremoto de 1755 provocou grandes estragos na fortaleza.No entanto, as obras de reedificação só viriam a efetuar-se entre 1792 e 1794, por ordem do governador e capitão-geral do reino do Algarve, conde Val de Reys.

Forte de Santa Catarina em Portimão (junto à marina)

O rio Arade só se tornou um porto seguro após a restauração da independência, com a construção de uma outra fortaleza na outra margem, do lado de Ferragudo. Terminado o domínio espanhol, em que os ataques partiam sobretudo dos ingleses, um novo flagelo cai sobre as populações costeiras: as incursões castelhanas organizadas a partir de cádis.

Localização: Junto à Marina de Portimão (ver no mapa)

Voltar ao índice

Colégio dos Jesuítas

A primeira pedra para a construção do colégio foi lançada em 1660. Dessa forma, foi reconhecido Diogo Gonçalves como seu único autor e fundador, ao qual se dedicariam muitas missas e orações. Faleceu quatro anos mais tarde, sem poder ver materializada a obra que financiou.

Colégio dos Jesuítas em Portimão

Vieram a funcionar no Colégio, e de acordo com o desejo do seu fundador, os cursos de Latim, Teologia moral e primeiras letras. Mas, ao que parece, pouco frequentados, devido à crise que económica que particularmente Portimão atracessa no século XVIII.

Localização: Praça da República (ver no mapa)

Voltar ao índice

Praça 1º de Maio

Inicialmente este espaço era uma zona da sapal, inundada pelas marés vivas ou chuvas torrenciais. No entanto, com a instalação da Câmara Municipal no Palácio do Visconde Bívar, esta zona ganha muita importância.

Palácio do Visconde de Bívar, edifício da Câmara Municipal de Portimão

Existia aqui, anteriormente, um chafariz onde as mulheres vinham encher os cântaros enquanto os burros matavam a sede nos tanques adjacentes. Era aqui, igualmente, que se realizava o mercado de gado.

No centro ergue-se um monumental fontanário com os brasões das vilas e cidades do Algarve.

Localização: Praça 1º de Maio (ver no mapa)

Voltar ao índice

Praça da República

Beneficiando da proximidade da Matriz e das sociedades recreativas, este espaço era bastante frequentado, tendo, assim, sido aí instalada a primeira coluna de iluminação pública.

A remodelação da praça acontece posteriormente, em 1955, com a construção de arruamentos, sanitários públicos e implantação de relva. Mais tarde, nos anos oitenta, o mercado que funcionara até então, foi desativado devido ao congestionamento de trânsito que provocava.

Praça da República em Portimão

 

Localização: Praça da República (ver no mapa)

Voltar ao índice

Município de Portimão

Localização do concelho de Portimão no mapa de Portugal

Caraterização

O concelho de Portimão situa-se no litoral Algarvio, ou seja, no Sul de Portugal. Ocupa uma área de 182 Km2 e, em 2016, tinha 55.446 habitantes, tendo assim uma densidade populacional de 305 habitantes/Km2.

Atualmente, a presidente da Câmara Municipal é Isilda Gomes, eleita pelo Partido Socialista nas eleições autárquicas de outubro de 2017 com 45% dos votos (elegendo 4 vereadores em 7 possíveis). Acresce ainda que a coligação PSD/CDS/PPM/MPT teve uma votação de (24%) elegendo dois vereadores. Acresce que o Bloco de esquerda elegeu o outro vereador.

O feriado do município celebra-se no dia 11 de dezembro em virtude de ser a data de elevação a cidade.

A carta de foral que, inicialmente, cria o município de Portimão é do ano de 1453.

Economia da região

O setor económico predominante é, de longe, o setor do turismo. A pesca, atividade tradicionalmente predominante nos últimos séculos, continua a ser igualmente importante mas agora é alimentada pelo turismo. Nesse sentido, os restaurantes de Portimão necessitam de peixe fresco para oferecer sempre o melhor aos milhares de turistas que escolhem esta cidade para passar as suas férias.

Dados demográficos (evolução)

Concelho de Portimão em números 2001 2011 2016 Variação
(2001-2016)
População residente 45.212 55.460 55.446 22,6%
População jovem (menores de 15 anos) (%) 15,1% 17,0% 16,7% 10,6%
População em idade ativa (15-65 anos) (%) 67,5% 65,7% 64,1% -5,0%
População idosa (maiores de 65 anos) (%) 17,4% 17,3% 19,2% 10,3%
Índice de envelhecimento (idosos por cada 100 jovens) 114,8 102,2 115,2
Indivíduos em idade activa por idoso 3,9 3,8 3,3 -15,4%
Nascimentos 558 658 547 -2,0%
Óbitos 504 545 642 27,4%
Saldo natural
(diferença entre nascimentos e óbitos)
-54 -113 -95
Sociedades Constituídas 231 202 203 -12,1%
Sociedades Dissolvidas 52 250 250 380,8%
Desempregados inscritos no centro de emprego 1.334 3.829 3.134 134,9%
Estimativa da taxa de desemprego
(Desempregados inscritos por % população em idade ativa)
4,4% 10,5% 8,8% 100,0%
Beneficiários do sub. de desemprego (em % pop. 15 ou mais anos) 408 (1,0%) 1.747 (3,8%) 1.992 (4,3%) 388,2%

Consulte a análise completa da Pordata aqui.

voltar ao índice

Freguesias de Portimão

  • Alvor
  • Mexilhoeira Grande
  • Portimão

Mapa com as Freguesias de Portimão

voltar ao índice

Como chegar

Portimão localiza-se no Algarve, sul de Portugal, e está um pouco mais chegado a oeste. O Algarve está servido por boas estradas e, além disso, a região dispõe de um aeroporto internacional (Aeroporto de Faro).

Trajeto entre Lisboa e Portimão

De carro

A Auto-Estrada A2 (IP1) é a melhor estrada para fazer a sua viagem de automóvel até ao Algarve. Então, são cerca de 282 Km com uma duração aproximada de 2 horas e 40 minutos. Quando chegar a uma bifurcação na saída 15 irá escolher, naturalmente, o lado direito que, como indica a placa, é o caminho de Lagos, Portimão e Albufeira. A saída de Portimão é a nº 5, onde irá apanhar, finalmente, a estrada N124 até ao centro da cidade de Portimão.

De Comboio

Portimão tem estação de comboio com ligação a todo o Algarve e ao resto do país. A viagem entre Lisboa e Portimão de comboio, por exemplo, demora quase 4 horas. Para mais informações consulte os horários no site da CP.

De autocarro

Existem várias empresas a fazer trajetos até à cidade de Portimão. Por exemplo, a Rede Expressos tem vários horários para esse trajeto demorando a viagem cerca de 3horas e 45 minutos, custando um pouco menos do que 20€ (85 reais). Para informações adicinais e mais exatas, consulte o site da rede expresso em http://www.rede-expressos.pt.

 

Clima e previsão metereológica

Portimão apresenta o clima típico do Algarve, por isso, Verão mais longo e quente e Invernos menos rigorosos. Assim, as temperaturas variam entre os 9º e os 16º C em janeiro e entre 19º e 27º em julho ou agosto. Acresce que Setembro ainda é um bom mês para fazer praia em Portimão.

Finalmente, deixamos aqui a previsão metereológica dos próximos três dias para o concelho de Portimão.

previsão metereológica dos próximos 3 dias para a cidade de Portimão

Contactos úteis

O contacto principal, em Portugal, para qualquer emergência (acidente, incêndio, etc) é o número 112, no entanto, existem outros contactos, igualmente importantes, de instituições da região que podem ser essenciais durante a sua estada na cidade.

  • Dessa forma, informamos que a Câmara Municipal de Portimão está localizada na Praça 1º de Maio (abrir mapa) e o telefone é o +351 282 470 700.
  • Existe assim um Posto de Turismo na Avenida Tomás Cabreira (abrir mapa), cujo telefone é +351 282 419 132.
  • Poderá igualmente ter que utilizar o serviço de correios dos CTT, ficando a Estação dos CTT mais central na Rua Engº José Bivar, Edifício Plaza, Loja 2, na Praia da Rocha (ver mapa) com o telefone +351 282 416 532.
  • Assim, se precisar de uma farmácia poderá deslocar-se até à Farmácia Palma, na Rua Engenheiro José de Bívar (Praia da Rocha) (ver no mapa), com o telefone +351 282 485 641.
  • Além disso, se necessitar de algum serviço dos bombeiros, saiba que estes se situam na Rua dos Bombeiros Voluntários (ver no mapa), e o contacto é +351 282 420 130.
  • O Centro de saúde está situado na Rua Manuel Dias Barão (ver mapa) e o hospital fica localizado na-se na Estrada do Poço Seco (ver mapa) com o telefone +351 282 450 300.
  • Se a sua urgênca for um caso de polícia, poderá imediatamente contactar a GNR (Guarda Nacional Republicana) pelo telefone +351 282 420 750 ou descolar-se até Avenida São Lourenço da Barrosa (ver mapa).
  • A Conservatória do Registo Civil, Predial e Comercial está situada na Avenida Miguel Bombarda (ver mapa) e o telefone é +351 282 450 770.

Onde Comer

Portimão é uma cidade voltada para o mar e, por esse motivo, a sua gastronomia caraterística tem sabor a mar. O peixe e o marisco são os igredientes dos pratos mais apeticidos por estes lados. A sardinha frescas assadas na grelha vão deixá-lo com água na boca e as cataplanas de peixe e marisco são absolutamente divinais.

Veja aqui onde, finalmente, pode experimentar estas iguarias.

Restaurante F – Food & Wine

Localizado na Avenida Tomás Cabreira (Edifício Falésia) (ver no mapa), mesmo junto à Praia da Rocha serve pratos tradicionais e contemporâneos. Se quiser reservar mesa, o que é sempre recomendável, poderá fazê-lo para o número +351 919 115 512.

Restaurante F - Food & Wine junto à Praia da Rocha em Portimão

Aberto todos os dias a partir das 14:30h, embora no Inverno encerre à terça-feira.

Squash Restaurante

Na Rua Engenheiro Francisco José Bívar (ver no mapa) e com o telefone +351 282 148 507, fica o Squash Restaurante, com um ambiente calmo e acolhedores. Pratos de peixe, bem ao sabor de Portimão.

Restaurante Squash em Portimão

Allbeef

Fica situado na Rua da Falésia, junto à Praia da Rocha (ver mapa) e poderá assim reservar antes pelo telefone +351 282 495 179.

Restaurante Allbeef em Portimão

A saber, encerra ao domingo.

Voltar ao índice

Onde ficar alojado

Reserve desde já o seu alojamento em Portimão. É por esse motivo que deixamos aqui sugestões dos melhores hotéis de Portimão com diferentes níveis de preços.

Hotel da Rocha

O Hotel da Rocha oferece acesso imediato à Praia da Rocha. Dispõe de suites com um design contemporâneo e vistas para o mar ou o interior. O hotel proporciona acesso Wi-Fi gratuito em todas as áreas e uma recepção aberta 24 horas por dia.

As suites espaçosas e luminosas do Rocha Hotel disponibilizam ar condicionado, camas king-size e um sofá-cama. Incluem uma área de estar com uma televisão de ecrã plano por cabo e uma casa de banho privativa com uma banheira e um secador de cabelo. Os quartos possuem uma varanda e ar condicionado.

Hotel da Rocha - quarto com vista para a praia, em Portimão

Quarto com vista para a Praia da Rocha

Verifique imediatamente a disponibilidade de quartos para as datas que mais lhe convém aqui.

Jupiter Algarve Hotel

O Júpiter Algarve Hotel está localizado ao lado da Praia da Rocha, em frente ao mar, em Portimão. Dispõe de uma piscina aquecida e coberta durante o Inverno, comodidades de spa e entretenimento ao vivo todas as noites. Há acesso Wi-Fi gratuito em todas as áreas.

Recentemente renovado, o Júpiter Algarve Hotel apresenta uma decoração inspirada no mar. Todos os quartos climatizados do Júpiter Algarve Hotel incluem um mini-bar, uma televisão por satélite, uma casa de banho privativa e alguns incluem varandas com vista para o mar.

Jupiter Algarve Hotel em Portimão, junto à Praia da Rocha

voltar ao índice

Referências e Bibliografia

Para desenvolver este guia consultámos diversas fontes, a maior parte delas fontes oficiais como a Câmaa Municipal de Penafiel, o INE (Instituto Nacional de Estatística, o IPPAR e o SIPA, o MAI (Ministério da Administração Interna), etc. Deixamos aqui a lista das fontes mais importantes e, se possível, o link para a respetiva página.

Se este guia foi útil para si, poderá, do mesmo modo, ter interesse no guia da cidade de Abrantes, no Ribatejo, ou se preferir conhecer o Minho, poderá consultar os guias de Barcelos ou Fafe, ou mesmo Esposende.